Pulvinar tempor cras amet ac turpis tristique tristique ... (read more)close

Mantenedora

 

 

Comunidade “Domus Mariae” Sua origem: Quando, como e para que surgiu.

 

A Comunidade “Domus Mariae foi fundada pelo Monsenhor Ângelo Angioni, de saudosa memória, cujo corpo repousa na igreja matriz de José Bonifácio, cidade onde viveu por mais de 50 anos após sua vinda para o Brasil.

De origem italiana, o Monsenhor veio para o Brasil ainda jovem sacerdote, deixando naquelas terras distantes a mãe viúva, duas irmãs solteiras e um irmão bispo, Dom Antonio Angioni, que exercia seu múnus episcopal em Pavia ( Itália), além de outros familiares.

 

Chegou ao Brasil com um grande plano missionário. Assumiu a paróquia de São João Batista na cidade de José Bonifácio pertencente à Diocese de São José do Rio Preto- (SP), que tem como padroeiro principal “O Coração Imaculado de Maria”. Foi nessa, até então, pequena cidade que o Monsenhor, com o coração inflamado pelas missões, fundou o Instituto Missionário “Coração Imaculado de Maria”. Sob a proteção do Padroeiro da diocese e pelo voto de obediência seus membros deveriam colocar-se totalmente a disposição do bispo local. Nesse Instituto em primeira instância, no ano 1964, surgiu o seminário para a formação de sacerdotes, e mais tarde, em 02 de fevereiro de 1974, fundou a comunidade, Domus Mariae, com o carisma “Educação e formação das crianças, jovens e adultos”. As primeiras jovens vocacionadas, formadas e orientadas por ele mesmo, iniciaram a missão numa escola paroquial, “Coração Imaculado de Maria, já em funcionamento, no prédio ao lado da matriz e da casa paroquial.

Era seu ideal que todo centro educacional se tornasse verdadeiro celeiro de vocações e, nos finais de semana, esses deveriam ser locais de formação catequética e religiosa. 

O lema educacional da Comunidade é “Fé e cultura a serviço da vida”.

Nós, religiosas e educadoras, empenhadas na busca de uma formação integral, damos assistência psicológica, pedagógica, sociológica e didática as crianças, jovens e adultos para desenvolverem seus dotes físicos, morais, sociais e intelectuais, a fim de que adquiram senso de responsabilidade, sendo orientados de a participarem da vida social, cultural, política e cristã de forma consciente e dinâmica.

Hoje, no exercício do nosso carisma, conhecemos as alegrias e os desafios, por vezes preocupantes dessa área. Nesse contexto, nossa formação busca o equilíbrio, avançando para o novo, o moderno com grande expectativa para um futuro melhor. Nosso sistema educacional prima pelos valores que são imutáveis para uma convivência harmoniosa, feliz e realizada do ser humano. Hoje, cientes da nobre missão de educadoras e lançando um olhar sobre nossa história temos o coração agradecido pelo passado, vivemos o presente como um dom e olhamos para o futuro com esperança. ( JPII)

Ir. Isilda - cdm

Lido 1264 vezes Última modificação em Terça, 26 Maio 2015 16:54